Bola rola pela primeira vez na Arena Pernambuco nesta segunda-feira (20)

Fonte Ascom - Ministério do Esporte 20/05/2013 às 10h


Quando soar o apito final da partida amistosa desta segunda-feira (20.05) na Arena Pernambuco, em Recife, os seis palcos da Copa das Confederações terão passado por testes em seus gramados e estruturas. Antes, Castelão (Fortaleza), Mineirão (Belo Horizonte), Fonte Nova (Salvador), Maracanã (Rio de Janeiro) e Estádio Nacional Mané Garrincha (Brasília) tiveram eventos com bola rolando. O jogo será a partir das 15h, num duelo festivo entre equipes formadas por operários da obra. O público será restrito a 15 mil pessoas. A presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, estarão presentes, além de autoridades do governo pernambucano e da prefeitura local.

Na quarta-feira (22.05), será realizado o primeiro compromisso com jogadores profissionais em campo, com as equipes de Náutico (PE) e Sporting, de Portugal.

Construído a partir de Parceria Público-Privada entre o governo de Pernambuco e o consórcio Arena Pernambuco, o estádio tem capacidade para 46 mil pessoas e recebeu investimento de cerca R$ 532 milhões, com aproximadamente R$ 400 milhões de financiamento federal via BNDES.

São 128 mil metros quadrados de área construída, divididos em seis pavimentos. Para acessar os 24 mil metros quadrados de arquibancada equipadas com assentos rebatíveis e os 102 camarotes, há nove elevadores, 13 escadas rolantes e oito rampas. Todos os assentos do estádio são vermelhos, uma homenagem aos três principais clubes do Estado: Sport, Náutico e Santa Cruz, que têm a cor presente em suas camisas.

As áreas de convivência reúnem 42 quiosques de alimentação e dois restaurantes. São 84 sanitários, além de 32 cabines para pessoas com necessidades especiais. Há 4.700 vagas de estacionamento, mas o plano de mobilidade prevê a estação de metrô Cosme e Damião a cerca de dois quilômetros do estádio, o que incentiva o acesso via transporte público.

Gramado e vestiários
Há quatro vestiários disponíveis para atletas e comissão técnica. Os espaços, com cerca de 200 metros quadrados cada, são equipados com banheiros, chuveiros, área de aquecimento, sala reservada para técnico, sala de massagem, duas banheiras e armários. A grama é da espécie Bermuda tifway 419, que apresenta boa resistência e tolerância ao clima quente. É a mesma aplicada nos outros cinco estádios da Copa das Confederações.

Segurança e saúde
No quesito segurança, a arena é equipada com 271 câmeras de segurança, sendo 34 em alta definição. A evacuação do público pode ser feita em até oito minutos. Em caso de necessidade, existem nove áreas de primeiros socorros, um posto médico e cinco ambulâncias.


Há, ainda, uma previsão de orientadores em todos os setores, para fazer com que todos os espectadores consigam achar seus lugares marcados. Durante as partidas e eventos, dois telões de LED em alta resolução, cada um com 77 metros quadrados, servem para transmitir informações audiovisuais ao público.
Sustentabilidade

Uma das condições da linha de crédito do BNDES para as arenas foi que elas adotassem, durante a construção, critérios de sustentabilidade. O projeto da Arena Pernambuco prevê a captação de energia solar e de água da chuva, ventilação natural, além de gestão dos resíduos sólidos. Durante as obras, houve coleta seletiva, prevenção ao fumo e lava-rodas dos caminhões com água reutilizada.

Legado
Concebida na perspectiva multiuso, a arena terá, por ano, 70 datas reservadas ao futebol. As demais serão destinadas a eventos de outros esportes, shows, feiras e convenções. A Arena Pernambuco representa, segundo informações do governo de Pernambuco, o início de uma nova centralidade urbana. O estádio é o primeiro equipamento da Cidade da Copa, uma área de 242 hectares que pretende incorporar moradias, locais de trabalho, instituições educacionais e espaços de lazer. O projeto está previsto para ser executado nos próximos 15 anos e tem perspectiva de gerar 10 mil empregos diretos até 2024.

Copa das Confederações
Durante a Copa das Confederações da FIFA 2013, a Arena multiuso receberá três partidas: Espanha x Uruguai (16 de junho), Itália x Japão (19 de junho) e Uruguai x Taiti (23 de junho). Na Copa do Mundo da FIFA 2014, serão cinco jogos.

Fonte: Portal da Copa

Ascom - Ministério do Esporte
Fonte Ascom - Ministério do Esporte 20/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Bola rola pela primeira vez na Arena Pernambuco nesta segunda-feira (20)