Blatter se diz 'horrorizado' por ofensas racistas contra Balotelli

Fonte Ansa flash 13/05/2013 às 11h

O atacante do Milan foi alvo de gritos racistas de torcedores da Roma

ZURIQUE, 13 MAI (ANSA) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse hoje que está "horrorizado" pelas ofensas racistas da torcida da Roma contra o jogador Mario Balotelli, atacante do Milan. O incidente fez a partida ser interrompida por alguns minutos no domingo.

"Estou horrorizado por ler [nos jornais] sobre os insultos racistas da partida de ontem", disse Blatter. Segundo ele, "abordar esse problema é algo complexo, mas nos comprometemos a passar para a ação, e não usar apenas palavras [para resolver os casos de racismo no futebol]".

Logo após o intervalo do primeiro tempo, Balloteli reclamou de gritos que imitavam macaco feitos pela torcida da Roma nas arquibancadas. Ele chegou a fazer um sinal de silêncio, com o dedo indicador sob os lábios, aos torcedores. O árbitro Gianluca Rocchi resolveu, então, parar o jogo e pedir o fim das ofensas.

A partida, válida pela 37ª rodada do Campeonato Italiano, foi disputada no estádio San Siro, em Milão, e terminou com um empate de 0 a 0.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 13/05/2013 ás 11h

Compartilhe

Blatter se diz 'horrorizado' por ofensas racistas contra Balotelli