Berlusconi diz que "Bunga Bunga" eram apenas jantares

Fonte Ansa flash 11/05/2013 às 10h

"Naqueles jantares não aconteceu nada que poderia ser chamado de errado e vergonhoso", afirmou o ex-premier

MILÃO, 11 MAI (ANSA) - O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi disse, em entrevista que vai ser exibida amanhã no país, que não tem "nada a esconder" sobre as festas realizadas em sua residência conhecidas como "Bunga Bunga", as quais disse serem apenas "jantares".

"Naqueles jantares não aconteceu nada que poderia ser chamado de errado e vergonhoso. Havia uma grande mesa, nós conversamos sobre futebol, política, tudo. (...) Não tenho nada a esconder", disse ao Canal 5 , que vai exibir o especial " A Guerra de 20 anos: Ruby, o último ato" neste domingo.

Sobre a dançarina Karima El Marhoug, conhecida como Ruby, que foi pivô de um escândalo envolvendo o ex-premier, Berlusconi disse que ela veio a um jantar "contando uma história dramática" que "comoveu a todas as pessoas pressentes".
"Eu nunca tive relações íntimas com Ruby, uma menina que tinha se apresentado com uma história terrível e não induziu qualquer sentimento diferente de compaixão", disse.

Berlusconi é acusado de ter mantido relações sexuais com Ruby quando ela era menor de idade, entre fevereiro e maio de 2010, caso que ficou conhecido como "Rubygate

Ansa flash
Fonte Ansa flash 11/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Berlusconi diz que "Bunga Bunga" eram apenas jantares