Bento XVI passará relatórios sobre 'Vatileaks' a sucessor

Fonte Ansa flash 25/02/2013 às 22h

O vazamento de documentos oficiais do Vaticano levou à prisão, em maio de 2012, do mordomo Paolo Gabriele

CIDADE DO VATICANO, 25 FEV (ANSA) - O papa Bento XVI decidiu nesta segunda-feira entregar exclusivamente a seu sucessor o resultado das investigações sobre o vazamento de documentos oficiais do Vaticano, caso que ficou mundialmente conhecido como Vatileaks.

Segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, Bento XVI "decidiu que as atas da investigação", as quais "só o Papa tem conhecimento", "estarão exclusivamente à disposição do futuro Pontífice".

"Com isso, foi encerrado o mandato da comissão. A comissão foi dissolvida nesta manhã", disse Lombardi, referindo-se ao grupo formado por três cardeais -- o espanhol Julian Herranz, o eslovaco Jozef Tomko e o italiano Salvatore De Giorgi -- com a função de investigar o caso.

O Papa recebeu em uma audiência nesta segunda-feira os três cardeais da comissão. Os resultados da investigação compõem dois dossiês, que foram entregues a Bento XVI nos meses de julho e dezembro do ano passado.

O vazamento de documentos oficiais do Vaticano levou à prisão, em maio de 2012, do mordomo Paolo Gabriele, acusado envolvimento com a divulgação dos papeis.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 25/02/2013 ás 22h

Compartilhe

Bento XVI passará relatórios sobre 'Vatileaks' a sucessor