Baú Crediário acredita em maiores vendas

Fonte Sigmapress. 26/11/2009 às 11h

O Governo anunciou hoje uma boa notícia para o setor de varejo, que deve impulsionar as vendas neste final de ano. No pacote, divulgado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, está mais uma prorrogação de benefícios fiscais concedidos ao setor produtivo como parte da política de recuperação da economia. Na lista de beneficiados por redução tributária está o setor de móveis, que teve a alíquota de IPI zerada para os principais produtos (móveis de madeira, móveis de plástico, móveis de aço e móveis de ratan) e matérias-primas (como chapas). A mediva vale até o dia 31 de março de 2010.

Para o diretor de varejo do Grupo Silvio Santos, Décio Pedro Thomé, a medida vem em boa hora e é um grande reforço para o final de ano, quando as vendas tradicionalmente são alavancadas pela entrada do dinheiro do 13º salário no mercado. “Nosso setor, que já tinha a redução do IPI para a linha branca, agora é contemplado também com o segmento de móveis. O varejo certamente terá muito o que comemorar nesta reta final de vendas de 2009”, garante Thomé.

Segundo Thomé, além de beneficiar os consumidores com preços mais acessíveis, a medida certamente influenciará diretamente o setor de empregos. “A matemática é simples. Vamos vender mais e os fabricantes produzirão mais. A decisão influencia positivamente o varejo e o mercado de trabalho”, conclui.

Sigmapress.
Fonte Sigmapress. 26/11/2009 ás 11h

Compartilhe

Baú Crediário acredita em maiores vendas