Banda larga fixa cumpre metas de velocidade de internet em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais

Fonte Agência Brasil 17/05/2013 às 18h

Brasília - As operadoras de banda larga fixa para acesso à internet em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas cumpriram as metas de velocidade estipuladas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os resultados da medição, feita em abril, foram divulgados hoje (17). Todas as empresas atingiram índices superiores aos determinados no regulamento estabelecido pela agência reguladora.

Para a velocidade instantânea, as empresas teriam que, em pelo menos 95% das medições, apresentar velocidade de, no mínimo 20%, do que foi contratado. Em São Paulo, a GVT atingiu a velocidade em 99,66% das medições; a Net, em 99,4%; e a Vivo, em 97,47%. No Rio de Janeiro, a GVT alcançou a meta em 99,4% das medições; a Net, em 99,87%; e a Oi, em 96,41%. Já em Minas Gerais, a CTBC atingiu o objetivo em 99,43% das vezes; a GVT em 99,57%; a Net em 99,84%; e a Oi em 96,34% das medições.

A velocidade média medida durante o mês, de acordo com o regulamento da Anatel, deve alcançar 60% da velocidade contratada. Em São Paulo, a GVT apresentou velocidade média de 89,6%; a Net apresentou 99,98%; e a Vivo 89,82%. No Rio de Janeiro, a velocidade média da GVT foi de 89,33%; da Net de 101,2%; e a da Oi de 77,29%. Em Minas Gerais, a CTBC apresentou velocidade média de 91,94%; a GVT de 98,56%; a Net de 102,68%; e a Oi de 85,09%.

As regras mínimas de velocidade para as operadoras de internet fixa valem desde outubro do ano passado, e os percentuais devem aumentar a cada ano. Em novembro deste ano, a velocidade instantânea passará para 30% e a média para 70% da velocidade anunciada.

O presidente da Anatel, João Rezende, disse que os bons resultados são porque os três estados são altamente industrializados, onde existem mais investimentos. “Vamos aguardar outros estados, onde pode haver infraestrutura mais crítica”. Segundo ele, as reclamações do setor de banda larga fixa são menores do que o de internet móvel.

A análise é tomada por amostragem e são feitas por medidores instalados nas casas dos usuários voluntários, que avaliam a conexão da internet tendo como base os parâmetros de qualidade previstos na regulamentação da Anatel. Até dezembro, a agência deverá divulgar os resultados de medição de banda larga fixa e móvel de todo o país.

A Entidade Aferidora de Qualidade (EAQ) ainda precisa de voluntários para participar da medição da velocidade da internet fixa. Os usuários que quiserem participar da medição poderão se inscrever por meio do site www.brasilbandalarga.com.br.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 17/05/2013 ás 18h

Compartilhe

Banda larga fixa cumpre metas de velocidade de internet em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais