Bancários do DF lançam campanha salarial em manifestação em frente ao Banco Central

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
Bancários do Distrito Federal fizeram hoje (14) uma passeata e manifestação em frente ao Banco Central para lançar a campanha salarial deste ano. Nesta semana, sindicatos regionais da categoria também lançaram a campanha em várias cidades com o mesmo slogan: "Bancos abusam. Cadê a responsabilidade social?".

Segundo a Polícia Militar (PM), o evento reuniu cerca de 300 manifestantes. Com apoio de carro de som, eles ficaram em frente ao BC por cerca de meia hora. A segurança em frente prédio foi reforçada pela PM e a entrada de pessoas na instituição que não estivessem com crachá foi impedida.

Segundo nota divulgado na internet pelo Sindicato dos Bancários de Brasília, entre as principais reivindicações dos trabalhadores do DF estão reajuste de 10%; participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 3.850; "fim das metas abusivas e do assédio mora"; aprovação de Plano de Carreiras, Cargos e Salários (PCCS); valorização dos pisos e das verbas; mais segurança nas agências para bancários e clientes e redução dos juros e das tarifas.

O presidente do sindicato, Rodrigo Britto, afirmou que a negociação neste ano será mais difícil. Isso porque, segundo ele, os bancos devem argumentar que, com a crise, houve redução dos lucros e, dessa forma, não há como atender às reivindicações dos funcionários. “Entretanto, mesmo com a crise, os lucros foram altos”, argumentou.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Bancários do DF lançam campanha salarial em manifestação em frente ao Banco Central