Bailarinas da Baixada estreiam na escola de dança do Teatro Municipal

Fonte Saúde em Pauta 25/04/2013 às 21h

As jovens bailarinas Fernanda Lima, de 12 anos, e Gabrielle Santana, de 14, moradoras de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, foram aprovadas na concorrida audição da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Fernanda e Gabrielle foram impulsionadas pelo projeto Recicle e Dance, do Hospital Mário Lioni, em Duque de Caxias, onde aprenderam todas as técnicas da dança clássica, aliadas com a inclusão social e a consciência ambiental, já que as atividades desenvolvidas pelo projeto são financiadas pelo programa de reciclagem de lixo do hospital.

Há oito anos, o Recicle e Dance oferece aulas de balé e street dance, entre outras atividades ligadas à cultura e ao lazer, para as crianças e os adolescentes da Baixada. Atualmente, o projeto possui cerca de 340 alunos ativos, entre 3 e 18 anos, incluindo filhos de funcionários do hospital.

Saiba mais sobre o Recicle e Dance

Criado em 2005, o Recicle e Dance é um projeto do Hospital de Clínicas Mário Lioni (HCML), em Duque de Caxias, que visa à inclusão social através da consciência ambiental. A iniciativa abraça cerca de 340 crianças e adolescentes, entre 3 e 18 anos, moradores da Baixada Fluminense e filhos de funcionários do hospital.

O Recicle e Dance oferece aulas de balé nas categorias clássico e moderno, repertório de street dance e aulas de ginástica e musculação, além de oficina de artes cênicas. No ano de 2011, o Recicle e Dance conquistou 70 troféus em diversos festivais de dança da região.

Bailarinas Recicle e Dance.JPG

Saúde em Pauta
Fonte Saúde em Pauta 25/04/2013 ás 21h

Compartilhe

Bailarinas da Baixada estreiam na escola de dança do Teatro Municipal