Aumentam as intenções de voto em candidato mexicano de esquerda

Fonte Ansa flash 31/05/2012 às 20h
 O candidato mexicano à Presidência Andrés Manuel López Obrador, do Partido da Revolução Democrática (PRD), de esquerda, subiu quatro pontos nas pesquisas de intenção de votos.

O jornal mexicano Reforma publicou uma sondagem que aponta que o candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Enrique Peña Nieto, de centro, receberia 38% dos votos e Obrador 34%, caso as eleições fossem realizadas hoje.

Esta é a primeira vez que Obrador se aproxima tanto de Peña Nieto, que liderou praticamente todos os levantamentos feitos antes mesmo do início da campanha eleitoral.

O uruguaio Luis Costa Bonino, famoso organizador de campanhas eleitorais na América Latina nos anos 1990, apareceu em um vídeo onde pede dinheiro a empresários locais para impulsionar a candidatura de Obrador.

O candidato negou estar envolvido no escândalo dizendo nunca ter pedido dinheiro para sua campanha e disse estar disposto a comparecer diante das autoridades para responder a respeito das denúncias.

Segundo o jornal mexicano El Universal, Bonino teria chegado ao país em fevereiro a convite do cineasta Luis Mandoki, autor de um documentário sobre Obrador.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 31/05/2012 ás 20h

Compartilhe

Aumentam as intenções de voto em candidato mexicano de esquerda