Audiência Pública enumera conquistas recentes e desafios da Fundação

Fonte Agência Fiocruz de Notícias 26/05/2013 às 20h

Audiência Pública enumera conquistas recentes e desafios da Fundação

 

A Fundação Oswaldo Cruz abriu, na quinta (23), as comemorações pelos seus 113 anos com uma atividade em prol da transparência: uma Audiência Pública de Prestação de Contas. Conduzida pelo presidente Paulo Gadelha, a audiência traçou um retrospecto das conquistas recentes da Fundação, bem como apontou seus principais desafios, hoje.

Gadelha mostrou, por exemplo, como a Fiocruz atuou na Conferência das Nações Unidas (Rio+20), para a qual levou o tema saúde; a perspectiva para que a instituição seja um dos grandes centros para a cooperação sul-sul, sobretudo no campo da inovação, recursos humanos, vacinas, alerta global de catástrofes e epidemias; e como, em 2012, a Fundação se destacou como centro de referência na saúde perinatal.

Dentre os diversos temas, o presidente chamou atenção, por exemplo, para o campo de pesquisa & desenvolvimento tecnológico, um dos que mais teve avanços na Fundação. De 2009 a 2012, a área apresentou crescimento significativo, chegando à marca de 6 mil artigos publicados durante o período.

Gadelha também discorreu sobre os principais objetivos da Fundação a nível nacional, como a ampliação de acordos com parceiros estaduais e municipais, a expansão da instituição para diversas regiões do país, e a realização do fórum das unidades regionais da Fiocruz. E abordou, ainda, assuntos como concurso público e orçamento.

Leia a reportagem completa sobre a audiência.

Agência Fiocruz de Notícias
Fonte Agência Fiocruz de Notícias 26/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Audiência Pública enumera conquistas recentes e desafios da Fundação