Audiência pública debate planos e programas para a Copa em Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte

Fonte Agência Brasil 08/05/2013 às 9h

 

Brasília - A Comissão de Turismo e Desporto fez ontem (7) uma audiência pública para debater os planos e programas da Secretaria Especial da Copa (Secopa). A audiência com o tema Planos e Programas da Secopa, discutiu a situação atual e futura de três cidade: Forteleza (CE), Salvador (BA) e Belo Horizonte (MG). As três serão sede da Copa das Confederações, neste ano, e da Copa do Mundo de 2014.

Durante a conferência, o secretário da Secretaria Municipal Extraordinária da Copa 2014 de Fortaleza, deputado Domingos Neto, disse que o principal objetivo da capital cearense durante os eventos esportivos é ampliar confortos sociais como a mobilidade. "A população sofre com a falta de transporte, mas esse não é um tema para ser discutido apenas para as Copas e sim todos os dias. Não só comentar, mas pôr em prática", disse.

O paisagismo, a iluminação, a pavimentação e a sinalização foram pontos apresentados pelo deputado em relação às prioridades exigidas pelo governo cearense. "Nós pretendemos ornamentar todo o entorno da Arena Castelão, dando destaque para a iluminação pública, a duplicação de algumas avenidas e a melhora no asfalto. Sobre a sinalização, vamos fazer placas com informações bilíngues, para facilitar a vida dos turistas”, disse.

O chefe de gabinete da Secopa/BA, Jorge Wilton Pereira de Jesus, também apontou a mobilidade como um dos objetivos para atender ao povo baiano e aos turistas durantes as duas copas, mas também acrescentou a acessibilidade e a criação de rotas para pedestres e rampas para cadeirantes. "Serão criados pelo Programa Copa 2014 na Bahia dois viadutos de acesso à Arena Fonte Nova, estádio que sediará os jogos na Bahia. No aeroporto e nos portos também vamos fazer reformas e ampliações e, dentro do estádio, vamos dar acesso fácil aos portadores de necessidades especiais para conseguirem assistir aos jogos com conforto e segurança", disse.

O gerente do Programa Copa do Mundo de 2014, Mário Queiroz Guimarães Neto, falou que em Minas Gerais o estádio está pronto. "Nós testamos e aprovamos o estádio desde o ano passado. Já tivemos partidas de futebol pelo Mineirão e pela Copa do Brasil, além de shows para grandes públicos, como o do Elton John", disse.

Mário disse que a mobilidade, tema em destaque também para os mineiros, é dividido entre o estado de Minas, a prefeitura e o governo federal. " O estado vai tomar conta do Mineirão, a prefeitura com a mobilidade geral da cidade [de Belo Horizonte] e o governo federal com o que for referente ao aeroporto”, diz.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 08/05/2013 ás 9h

Compartilhe

Audiência pública debate planos e programas para a Copa em Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte