Atletismo : Centro de Excelência Esportiva está de olho em novos talentos para a corrida de rua

Fonte ZDL Comunicação 01/04/2013 às 22h

 

Federação Paulista de Atletismo registrou evolução de 15% no número de atletas amadores na modalidade no Estado em 2012

São Paulo (SP) - O fenômeno das corridas de rua cresce a cada ano em São Paulo. O último levantamento da Federação Paulista de Atletismo (FPA) registrou evolução de 15% no número de corredores em 2012, comparado com o ano anterior. Participaram das 311 provas oficiais realizadas no Estado, 533 mil corredores contra 464 mil em 2011. Por isso, o Centro de Excelência Esportiva (CEE), projeto da Federação Paulista de Atletismo (FPA) em parceria com a Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, está de olho nos futuros campeões das provas de 5km e 10km. O projeto agrega atletas com potencial para integrar a lista de talentos da modalidade.

"É um mercado que tem apresentado um grande crescimento nos últimos anos. Além de ser uma ótima oportunidade para detectar novos talentos para as provas de rua, essa iniciativa pode ajudar a divulgar ainda mais o trabalho CEE e até mesmo captar eventuais patrocinadores para o projeto, o que pode melhorar ainda mais a estrutura dos atletas", explica Cleber Guilherme, responsável pelo grupo de corrida de fundo do CEE do Ibirapuera.
Um dos exemplos de sucesso é Felipe Carlos da Silva, que recentemente foi vice-campeão dos 5km da Night Run 2013, com o tempo de 15min06s. O jovem de 21 anos era treinado por Wilson Parreiras, que percebeu seu potencial e decidiu procurar o núcleo do Ibirapuera do CEE para ajudar no desenvolvimento das habilidades de seu atleta.

"O Parreiras nos procurou, explicou a situação do Felipe e, então, decidimos convidá-lo para uma peneira. Ele realmente nos impressionou e o Parreiras deu o maior incentivo para que ele integrasse o CEE, até porque o local era mais acessível ao jovem e também oferecia uma boa estrutura para o seu crescimento. Assim, o Felipe treina conosco desde outubro de 2012 e esperamos que ele continue alcançando bons resultados", comenta Cleber Guilherme, que não deixa de ressaltar que a chegada de Felipe acabou convergindo com a ideia da FPA de dar mais atenção ao segmento de corridas de rua.

O sucesso da corrida de rua motivou também a nova diretoria da FPA, que tomou posse no final do ano passado. A intenção da entidade é popularizar ainda mais a atividade com a criação de um circuito de corridas de rua. "Os números mostram que ainda há espaço para o crescimento do atletismo no Estado e estamos trabalhando para oferecer ainda mais opções e segurança aos participantes. O fenômeno das corridas de rua mostra que a atividade não foi passageira e não sai de moda", disse o presidente da entidade, Mauro Chekin.
Mais números - Em 2012, os meses mais frios do ano registraram o maior número de provas realizadas em São Paulo: maio (37), agosto (35) e setembro (36). O crescimento é significativo desde 2001, quando a Federação Paulista de Atletismo divulgou seu primeiro relatório sobre corridas de rua, que teve apenas 11 eventos. Em 2006, por exemplo, foram 168 percursos e seis anos depois, a marca bateu em 311, 3,83% mais que em 2011, que registrou a realização de 298 eventos da modalidade.

Os números são ainda mais significativos se forem consideradas também as corridas de rua não oficiais, ou seja, provas que não recebem autorização e apoio da Federação Paulista. Além das 311 oficiais, foram realizadas mais 182 competições.

Os homens ainda são a maioria, com 67,94% na última temporada. As mulheres somaram 32,06%, mas seguem em curva ascendente. Em 2012, 171 mil mulheres provocaram crescimento de 23%, enquanto os 362 mil homens subiram 12% em relação a 2011.

Confira a estatística completa

Outras informações no site www.atletismofpa.org.br
e no Facebook da Federação Paulista de Atletismo

ZDL Comunicação
Fonte ZDL Comunicação 01/04/2013 ás 22h

Compartilhe

Atletismo : Centro de Excelência Esportiva está de olho em novos talentos para a corrida de rua