Ativistas criticam Schumacher por construção de porto em lago suíço

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O projeto do ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher de construir um porto particular em frente à sua residência no Lago de Genebra recebeu críticas de entidades ambientais.

Segundo publicou hoje a agência local Ats, a associação Rives Publiques considerou o projeto "exagerado", uma vez que ocuparia 600 metros quadrados do Léman, como também é conhecido o lago suíço.

A associação de defesa do meio ambiente Pro Natura, por sua vez, não se disse contrária à construção, mas pede compensações ecológicas, visto que o lugar é uma reserva para aves de importância nacional e internacional.

O piloto alemão, que se aposentou em 2006 pela Ferrari, é o único heptacampeão mundial de F1. No início da semana, ele anunciou que não voltaria às pistas devido a uma fratura no pescoço, causada por um acidente de moto fevereiro deste ano.

A escuderia italiana havia escolhido o piloto para substituir Felipe Massa, afastado da F1 temporariamente após o acidente sofrido durante os treinos do GP da Hungria. O brasileiro será substituído, agora, por Luca Badoer.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Ativistas criticam Schumacher por construção de porto em lago suíço