Argentina anuncia projeto de lei de mídia

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou hoje que enviará ao Congresso Nacional uma lei sobre a mídia, que terá a intenção de substituir a lei de radiodifusão aprovada durante a ditadura (1976-1983).

A mandatária justificou o projeto dizendo que ele contribuirá para que a Argentina seja "mais democrática e mais plural". Ao anunciar a proposta, ela lembrou dos "118 jornalistas detidos ou desaparecidos" nos anos do regime.

O projeto conta com o respaldo de organizações sociais e sindicatos, mas enfrenta a oposição dos proprietários dos meios de comunicação.

Segundo informou Cristina, a medida que será votada no Congresso visa dividir o espaço de radiodifusão em três partes. A primeira seria destinada ao setor privado, enquanto uma outra ficaria a cargo do Estado e, por fim, uma parte seria de uso exclusivo de instituições sociais como universidades, comunidades locais e igrejas.

No discurso de hoje, diante de intelectuais, congressistas e sindicalistas, Cristina destacou que apenas 26 anos depois da retomada da democracia na Argentina o governo apresentou uma proposta sobre o tema.

Para ela, a nova lei garantirá "o direito a toda a informação", em vez do "encobrimento de uma parte dela" ou de sua "manipulação". Segundo a presidente, a votação em plenário será também uma "prova" para a democracia da Argentina.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Argentina anuncia projeto de lei de mídia