Áreas afetadas por enchentes recebem medicamentos

Fonte Ascom - MS 09/05/2012 às 23h
Ministério da Saúde envia 10 toneladas de medicamentos para reforçar assistência no estado. Mais de 70 mil famílias foram afetadas pela cheia dos rios da região

A Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FNSUS) enviará ao Amazonas 47 kits de medicamentos para reforçar a assistência à população dos municípios mais afetados pelas fortes chuvas e pela elevação do nível dos rios da região. Esses medicamentos totalizam, aproximadamente, 10 toneladas. A primeira remessa será enviada nesta quarta-feira e a segunda na próxima sexta-feira (11). Além disso, o Ministério da Saúde repassará cerca de R$ 960 mil para que o estado possa adaptar três hospitais em balsas, nos municípios de Anamã, Anori e Barreirinha. Dois integrantes da FNSUS também serão enviados à região para integrar o gabinete de crise do governo estadual.

“Além dos problemas que impactam no cotidiano das pessoas, precisamos envidar esforços para evitar as doenças que as cheias podem trazer à população. A Força Nacional acompanhará permanentemente as ações de saúde para evitar, por exemplo, que resíduos sólidos acumulados com as cheias ofereçam riscos à saúde pública”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

A Força Nacional do SUS vai trabalhar de forma integrada com o governo do estado para atuar, de forma coordenada, no atendimento das necessidades da rede pública local. Criada no ano passado, a Força Nacional presta socorro imediato a vítimas de desastres naturais, calamidades públicas ou situações de risco epidemiológico que exigem uma resposta rápida e coordenada, com apoio logístico e equipamentos adequados. “Ainda em 2011, o papel da FNSUS foi decisivo para o atendimento de vítimas de desastres naturais em várias regiões do país”, lembra o ministro.

A FNSUS enviou no ano passado 15 toneladas de medicamentos para socorrer vítimas das enchentes no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, além de atuar junto com estados e municípios em ações de prevenção, vigilância e atenção à saúde. Para municípios com danos no abastecimento de água, disponibilizou frascos de hipoclorito, que serve para purificar a água e torná-la própria para o consumo.

O Ministério da Saúde ainda adiantou repasses para média e alta complexidade das cidades de Campos dos Goytacazes e de Itaperuna, no estado do Rio de Janeiro, destinados à reconstrução de unidades de saúde e ampliação da assistência hospitalar. Além disso, os recursos custearam procedimentos como cirurgias e exames, e a aquisição de medicamentos e insumos.

Ascom - MS
Fonte Ascom - MS 09/05/2012 ás 23h

Compartilhe

Áreas afetadas por enchentes recebem medicamentos