Após 48 anos, Costa Rica volta a ter embaixador em Cuba

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O jornalista, escritor e diplomata José María Penabad López foi nomeado embaixador da Costa Rica em Cuba, países que restauraram relações bilaterais após mais de quatro décadas de interrupção.

López, espanhol naturalizado costa-riquenho, foi embaixador do país em Portugal entre 1995 e 1998. Em 2003, ele foi nomeado cônsul-geral em Cuba, cargo que ocupava até o momento.

Este é primeiro embaixador de San José em Havana desde 1961, ano em que os vínculos diplomáticos foram rompidos.

Como jornalista, López trabalhou nos veículos La Voz de Galicia (Espanha) e La Hora, Excelsior e La Prensa Libre (todos na Costa Rica). Ele recebeu o Prêmio Pío Víquez em 1989 e o Prêmio Jorge Vargas Gene em 1999.

Em março, o governo de Cuba aceitou restabelecer relações com a Costa Rica após o país centro-americano ter anunciado sua intenção de se reaproximar.

Na ocasião, o anúncio foi feito pelo presidente da Costa Rica, Oscar Arias, que em 1987 ganhou um prêmio Nobel da Paz por seu trabalho pela pacificação da América Central.

Recentemente, Arias também tentou mediar a crise institucional de Honduras, ocasionada pelo golpe de Estado que depôs o presidente Manuel Zelaya.

Para tanto, ele apresentou o Acordo de San José, pacto que previa a restituição do mandatário, mas que ainda não foi assinado nem por ele nem pelo regime de facto, encabeçado por Roberto Micheletti.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Após 48 anos, Costa Rica volta a ter embaixador em Cuba