Amorim pede garantias de respeito às soberanias na região

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O chanceler brasileiro, Celso Amorim, que participa em Quito do encontro extraordinário do Conselho Sul-Americano de Defesa, reiterou hoje que o Brasil pedirá aos demais países da região garantias de que suas ações na área de defesa não colocarão em risco a soberania dos vizinhos.

Em uma breve entrevista concedida antes do início do encontro, o ministro disse que os membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) têm direito a tomar decisões individualmente, mas admitiu que algumas delas poderiam causar "apreensão".

"Por isso, nós temos insistido na questão da transparência, na criação de medidas de confiança e nas garantias", afirmou Amorim.

Recentemente, ao se pronunciar sobre o convênio militar que a Colômbia está prestes a assinar com os Estados Unidos para ceder sete bases em seu território, um dos temas que serão discutidos na cúpula de hoje, Amorim cobrou garantias jurídicas de que as operações norte-americanas não ultrapassarão os limites territoriais colombianos.

O Conselho Sul-Americano de Defesa, órgão que pertence à Unasul e congrega os chanceleres e ministros da Defesa dos 12 países do bloco, também analisará a criação de mecanismos que possam dar transparência a informações sobre temas de segurança, o que colaboraria para promover a confiança mútua na região.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Amorim pede garantias de respeito às soberanias na região