Amazônia: Serviço Florestal amplia prazo para apoio a projetos florestais

Fonte Serviço Florestal Brasileiro 03/05/2013 às 9h


19 de maio será data final para interessados se candidatarem ao apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal e do Fundo Clima


Foi ampliado em duas semanas o prazo de envio de projetos para as três chamadas do Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal (FNDF) e do Fundo Clima para a Amazônia. A data, que era 5 de maio, passou para o dia 19 do mesmo mês. Para se candidatarem, os interessados devem apenas preencher um formulário eletrônico encontrado no site do Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

A primeira chamada é voltada a associações e cooperativas que fazem a gestão de empreendimentos florestais comunitários. Será oferecida capacitação e assessoria em administração estratégica, gestão administrativa, financeira e contábil e em regularização do empreendimento.

Segundo o coordenador do FNDF, Fábio Chicuta, o desconhecimento de aspectos de gestão e organização é um dos principais entraves à geração de renda através do manejo dos recursos florestais. “A chamada surgiu com o objetivo de auxiliar as organizações comunitárias a se fortalecerem e assim ampliarem suas condições de desenvolver atividades florestais.”

A segunda chamada tem como foco extrativistas beneficiários de unidades de conservação federais e que comercializem produtos florestais – seja madeira ou produtos não madeireiros como açaí, castanha, copaíba ou andiroba. Quem tiver seu projeto aprovado receberá apoio em prospecção de mercados, elaboração de plano de negócios participativo e assessoria para acesso às políticas de compras públicas e negociação e formalização de contratos de comercialização.

Instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos de assistência técnica e extensão rural podem se candidatar à terceira chamada, que oferecerá capacitação de 160 horas em manejo florestal para extensionistas. Os temas a serem abordados abrangem organização social para o manejo florestal, manejo florestal madeireiro e não madeireiro e acesso a crédito, entre outros.

O FNDF é gerido pelo SFB e tem a missão de fomentar o desenvolvimento de atividades florestais sustentáveis e promover a inovação tecnológica no setor. Desde 2012, o FNDF e o Fundo Clima, do Ministério do Meio Ambiente, têm atuado em conjunto com o objetivo de fortalecer atividades florestais sustentáveis.

 

Serviço Florestal Brasileiro
Fonte Serviço Florestal Brasileiro 03/05/2013 ás 9h

Compartilhe

Amazônia: Serviço Florestal amplia prazo para apoio a projetos florestais