Alunos voltam às aulas em Mangaratiba (RJ) após surto de hepatite A

Fonte Agência Brasil 14/05/2012 às 19h

As escolas das redes estadual, municipal e particular do município de Mangaratiba, região da Costa Verde do Rio de Janeiro, retomaram hoje (14) suas atividades, após ficarem dois dias sem aula em função de um surto epidêmico de hepatite A. A afirmação foi dada pelo secretário municipal de Saúde, Sérgio Rabinovici, em entrevista à Agência Brasil.

Rabinovici explicou que as aulas foram suspensas desde a última quinta-feira (10) para tratamento de reservatórios, caixas d´águas e cisternas. De acordo com o secretário, a situação ainda é preocupante. Foram confirmados 37 casos,de um total de 144 suspeitos. "Ainda há ocorrência de casos, mas há uma diminuição importante. Exite uma unidade móvel da Cedae [Companhia Estadual de Águas e Esgotos] que está fazendo as análises das águas, porém temos a interdição de algumas fontes alternativas que podem estar contaminadas", disse.

Ainda de acordo com Rabinovici, além do trabalho de análise da água, a equipe da Cedae, juntamente com a Prefeitura, está auxiliando no fornecimento de pipas d´água para os bairros mais atingidos, como Nova Mangaratiba, Praia do Saco e o centro da cidade. "A própria Prefeitura disponibilizou uma grande quantidade de água mineral para algumas residências com doentes e que não poderiam ter uma água de qualidade", disse.

O superintendente de vigilância epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde, Alexandre Chippe, caracterizou a situação em Mangaratiba como tranquila, não sendo registrado um aumento de novos casos em virtude das intensificações das ações de controle da água. Ele ressaltou que ações de conscientização, como distribuição de panfletos, estão sendo realizadas para alertar a população sobre a importância do tratamento . "Todas as ações de prevenção, como cloração da água para garantir a potabilidade, vão ser suficientes para frear os casos que possam vir a acontecer por contaminação imediata".

Desde a semana passada, cerca de 10 mil frascos de hipoclorito de sódio já foram enviados ao município para tratamento da água e aproximadamente 150 mil litros de água potável foram distribuídos à população.

A hepatite A é uma doença contagiosa causada pelo vírus A (VHA) e também conhecida como hepatite infecciosa. A transmissão do vírus ocorre pela via oral e os sintomas mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo, vômitos e febre.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 14/05/2012 ás 19h

Compartilhe

Alunos voltam às aulas em Mangaratiba (RJ) após surto de hepatite A