Aloysio Nunes diz que BNDES caminha para o precipício

Fonte Agência Senado 09/03/2013 às 3h

O senador Aloysio Nunes Ferreira (SP) sugeriu nesta sexta-feira (8) que os resultados ruins do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2012 sejam debatidos pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

De acordo com o parlamentar, ao publicar seu balanço relativo ao ano passado, em 25 de fevereiro, o BNDES registrou queda de 10% no lucro, para 8,2 bilhões de reais.

– Fosse um banco particular, privado, a diretoria seria escorraçada imediatamente, mas no governo atual nada acontece. A barca segue seu rumo a caminho do precipício – observou.

Aloysio Nunes disse que o resultado foi ainda pior no BNDESPar, braço do BNDES que atua sobre o financiamento de empresas privadas. A divisão do banco teve perda de 93% no retorno financeiro: de 4,3 bilhões, em 2011, para 300 milhões de reais, no ano passado.

O senador também criticou a forte injeção de recursos do Tesouro Nacional no BNDES, em operações classificadas pelo parlamentar como “questionáveis”, entre elas o aporte, em 2011, de 700 milhões de reais na criação da LBR - Lácteos Brasil S. A, uma das maiores produtoras de leite do país.

– Essa nova empresa em vez de produzir leite, produziu prejuízo. E agora, dois anos depois o BNDES reconhece uma perda de 865 milhões de reais nesse negócio. São recursos que saem do contribuinte brasileiro, que são jogados pela janela, por negócios mal feitos, senão suspeitos – criticou.

Segundo Aloysio Nunes os resultados ruins obtidos pelo BNDES são mais um exemplo da destruição de empresas estatais resultantes da má gestão do governo petista.

– É uma fábrica de produzir prejuízos que produziu mais uma vítima. Essa fábrica abateu a Petrobras. Essa fábrica inviabilizou praticamente as operações da Eletrobrás e agora é a vez do BNDES ir para o buraco – disse Aloysio Nunes Ferreira.

 

Agência Senado
Fonte Agência Senado 09/03/2013 ás 3h

Compartilhe

Aloysio Nunes diz que BNDES caminha para o precipício