Aloysio Nunes critica conduta de Dilma Rousseff em reunião do Conselho de Desenvolvimento

Fonte Agência Senado 02/03/2013 às 10h

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) criticou em Plenário, nesta sexta-feira (1º), a conduta da presidente Dilma Rousseff durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), realizada na última quarta-feira (27).

- Em vez de ouvir [os conselheiros] sobre os problemas que afetam o país, a presidente Dilma engatou a marcha de velocidade de campanha para, mais uma vez, apropriar-se de realizações que não são suas e atacar adversários políticos - condenou Aloysio.

O alvo da vez, segundo comentou, foi o cadastro único de programas sociais, criado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso em 2001. O parlamentar por São Paulo argumentou que este cadastro só reúne 19,5 milhões de famílias beneficiárias hoje porque, um ano e meio após a sua criação, o governo FHC já havia cadastrado 9,3 milhões de famílias.

- A presidente Dilma partiu para o surrado discurso da paternidade e disse: 'é conversa que tinha cadastro!'. Mas, sem a operação do governo anterior, nós não teríamos hoje o cadastro de 19,5 milhões - afirmou Aloysio, creditando à senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO), que foi secretária nacional de assistência social na gestão FHC, participação importante em sua organização.

Em aparte, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) considerou estranho o governo comemorar a ampliação do número de beneficiários no programa Bolsa Família.

- Nós precisamos levar mais a sério o problema da pobreza no país. O governo comemorar o aumento de pessoas no Bolsa Família mostra que há algo que não vai bem, porque deveria comemorar é a redução neste número - ponderou Cristovam.

 

Agência Senado
Fonte Agência Senado 02/03/2013 ás 10h

Compartilhe

Aloysio Nunes critica conduta de Dilma Rousseff em reunião do Conselho de Desenvolvimento