Alex Atala e Embratur apresentam gastronomia brasileira a estrangeiros

Fonte Ascom - Embratur 29/05/2012 às 23h

Não são apenas as belas paisagens brasileiras que estão no foco da promoção internacional da Embratur. O presidente do Instituto, Flávio Dino, fechou uma parceria com o renomado chef de cozinha, Alex Atala, para promover a gastronomia no mercado externo. Num primeiro momento, Atala apresentará a formadores de opinião estrangeiros (ainda a definir) os sabores brasileiros. “Esta será a primeira de uma série de press trips, onde jornalistas e formadores de opinião estrangeiros poderão vivenciar experiências como a música e a gastronomia brasileira”, destacou Flávio Dino.

Para o presidente, a cultura não deve ser esquecida na promoção dos destinos brasileiros no mercado internacional e a gastronomia é uma das grandes representantes do segmento. “Assim como um reconhecido destino de sol e praia, o Brasil vem se consolidando como um destino rico por sua gastronomia, com diversidade de ingredientes e sabores”, disse Dino.

O assessor da presidência da Embratur, André Vilaron, responsável pela promoção do turismo de cultura, destaca que é preciso promover a culinária de uma maneira real, com todos seus aspectos positivos, sem estereótipos. “Não podemos agir de maneira reducionista, mostrando somente caipirinha e feijoada. Por isso esse contato é tão importante”, complementa.

Apesar de ainda estar na fase de aproximação com o setor, a ofensiva de promoção da gastronomia brasileira foi iniciada em janeiro, quando a Embratur promoveu um evento para divulgar a culinária brasileira na Espanha. Na ocasião, acontecia em Madri a Fitur (Feira Internacional de Turismo), um dos maiores eventos de turismo da Europa, e a chef Mara Alcamin foi responsável pelo coquetel oferecido a formadores de opinião e profissionais de turismo.

A Alemanha também já foi palco para a cozinha brasileira. Lá foi realizado, no início de março, o Taste of Brazil, evento que levou a chef Morena Leite para dar uma aula de gastronomia a jornalistas de Berlim. De acordo com Vilaron, a intenção é levar a gastronomia brasileira a outros eventos internacionais que tenham a participação da Embratur.

Motivação

Inspirada no exemplo de outros países que se tornaram grandes cases de sucesso gastronômico, como o Peru e a Espanha, a Embratur quer reforçar a imagem do país como um destino de sabores únicos. “Temos uma grande diversidade de temperos e pratos ricos em sabores e cultura. Isso com certeza pode ser transformado em um atrativo turístico”, completa Vilaron.

Outro incentivo para a Embratur é a percepção que os turistas estrangeiros têm da gastronomia brasileira, já que 95,5% avaliaram positivamente a nossa cozinha. O dado faz parte da Demanda Turística Internacional de 2010, produzida pela FIPE a pedido do Ministério do Turismo. A pesquisa tem outros resultados significativos, como a perda de espaço da cultura, frente a opções de sol e praia e turismo de aventura, na motivação de viagem dos estrangeiros.

Ascom - Embratur
Fonte Ascom - Embratur 29/05/2012 ás 23h

Compartilhe

Alex Atala e Embratur apresentam gastronomia brasileira a estrangeiros