Aldo Rebelo diz que agressão de torcedores à delegação do Palmeiras em Buenos Aires foi lamentável

Fonte Agência Brasil* 07/03/2013 às 18h

Rio de Janeiro – O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, condenou as agressões cometidas na manhã de hoje (7) por torcedores palmeirenses contra jogadores do time, que perdeu do Tigre por 1x0, em jogo da Copa Libertadores 2013, ontem (6), em Buenos Aires, na Argentina. Segundo o ministro, o episódio é lamentável e os agressores precisam ser punidos.

“Esse episódio não pode se repetir. O time, seus jogadores e dirigentes não podem ser submetidos a isso. Futebol não é para isso. Os torcedores não têm direito de comprometer o futebol com esse tipo de violência. O Judiciário e a polícia precisam tomar as providências para identificar e punir os responsáveis”, disse Rebelo.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, que participou de reunião com o ministro e o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, no Rio de Janeiro, também condenou o episódio. O clube divulgou nota de repúdio nesta tarde e informou que vai tomar providências sobre o ocorrido.

O incidente ocorreu no embarque da delegação de volta ao Brasil, no Aeroporto Jorge Newbery, em Buenos Aires. O goleiro Fernando Prass e o atacante Jorge Valdivia prestaram queixa à polícia argentina, o que atrasou a saída do voo. Prass teve o rosto ferido durante a confusão, que começou na área de embarque. Não é o primeiro conflito entre jogadores e torcedores do clube.

*Com informações da agência pública de notícias da Argentina, Telam

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 07/03/2013 ás 18h

Compartilhe

Aldo Rebelo diz que agressão de torcedores à delegação do Palmeiras em Buenos Aires foi lamentável