Aeroporto de Feira de Santana será estratégico para transporte de cargas

Fonte Secretaria de Aviação Civil 07/08/2014 às 11h
O terminal de passageiros e a pista do Aeroporto de João Durval Carneiro, em Feira de Santana (BA), passarão por obras de ampliação. A expectativa é que o aeródromo amplie sua infraestrutura para o transporte de cargas e também tenha capacidade para atender mais de 107 mil passageiros por ano em 2025.

A cidade baiana, que abriga mais de 606 mil habitantes, é ponto de convergência de seis rodovias e, portanto, um dos locais estratégicos para o transporte de cargas. Os estudos para as obras já foram feitos e o projeto está em fase de elaboração pela projetista.

Feira de Santana fica a 108 quilômetros da capital baiana e é a segunda cidade mais populosa da Bahia.

Aviação regional

O plano de aviação regional prevê reformas e melhorias em 270 aeroportos regionais. Os estudos de viabilidade de cerca de 220 desses aeroportos já estão prontos. Falta elaborar os projetos e os editais de licitação para as obras.

A ideia é garantir que 96% da população esteja a 100 km de um aeroporto apto a receber voo regular. Atualmente, 39% das cidades brasileiras não têm aeroporto ou estão a mais de 100 km de um.

A maior conectividade aérea possibilitará o incremento da economia no interior do país, aproximando os municípios de cadeias produtivas nacionais e globais e facilitando o turismo.


Secretaria de Aviação Civil
Fonte Secretaria de Aviação Civil 07/08/2014 ás 11h

Compartilhe

Aeroporto de Feira de Santana será estratégico para transporte de cargas