AEB abre oportunidades para o programa Microgravidade

Fonte Ascom da AEB 17/05/2013 às 9h

Os interessados em participar do programa Microgravidade da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI) podem submeter suas propostas até o dia 21 de julho. O programa tem como objetivo disponibilizar ambientes de microgravidade para a comunidade técnico-científica brasileira, provendo meios de acesso e suporte técnico para a viabilização de experimentos nesses ambientes.

 

O Anúncio de Oportunidades, divulgado nesta quarta-feira (15) prevê a realização de três lançamentos do veículo de sondagem VSB-30 carregando experimentos selecionados, entre 2014 e 2016.

Para o conselheiro da AEB na comissão, Irajá Bandeira, a principal realização do programa é fornecer oportunidades a especialistas de diversas áreas, como física e biologia, para desenvolver tecnologias que podem, eventualmente, resultar em produtos utilizados fora do contexto espacial.

Um exemplo é o projeto “nuvens de interação proteica”, realizado na Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês). A iniciativa possibilitou tecnologias que hoje são utilizadas no desenvolvimento de sensores de gases e sensores para doenças tropicais.

Entre 2000 e 2010, o Microgravidade realizou três voos de foguetes de sondagem e um voo com experimentos da ISS, sigla em inglês. “Pelo menos duas dezenas de instituições nacionais voaram experimentos por meio do programa.” conta o representante do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) na comissão, José Bezerra.

O programa

Criado em 1998 pela resolução nº 36 do Conselho Superior da AEB, o programa visa disponibilizar ambientes de imponderabilidade aparente, comumente chamado de microgravidade, à disposição da comunidade técnico-científica brasileira, provendo meios de acesso e suporte técnico e orçamentário para a viabilização de experimentos que necessitem desses ambientes.

A condução de experimentos nesse ambiente permite um entendimento melhor e o posterior aperfeiçoamento em solo de processos físicos, químicos e biológicos. Por meio de voos em foguetes suborbitais nacionais, é possível criar um ambiente e microgravidade por até seis minutos.

 

 

 

Ascom da AEB
Fonte Ascom da AEB 17/05/2013 ás 9h

Compartilhe

AEB abre oportunidades para o programa Microgravidade