Acordo da Unifesp com prefeitura permite acelerar consolidação do campus Diadema

Fonte Unifesp 13/04/2013 às 15h
Universidade e secretariado municipal formam grupo de trabalho para integrar projetos
A consolidação do campus da Unifesp em Diadema terá o seu ritmo acelerado, graças à colaboração de um grupo de trabalho formado por representantes da prefeitura e da própria universidade. O acordo para a formação do GT foi concluído durante uma reunião da reitora Soraya Smaili com Lauro Michels, prefeito de Diadema, realizada em 05 de abril, no paço municipal da cidade. Este encontro faz parte da estratégia adotada pela nova gestão da Unifesp de aproximação com as prefeituras dos municípios onde a instituição possui campus. Reuniões semelhantes já foram feitas em Guarulhos, São José dos Campos, São Paulo e Osasco.

O GT agregará membros das secretarias municipais de Obras, Habitação, Educação e Saúde, além de representantes da reitoria. A ideia é que os planos diretores da Universidade e da Prefeitura sejam integrados.

A transferência de alunos e cursos que hoje em dia são abrigados na Fundação Florestan Fernandes para um novo local é um dos desafios encarados pelo GT. Para isso, estuda-se a possibilidade da Unifesp alugar um outro estabelecimento no município e, futuramente, construir uma nova unidade para ampliar a sua capacidade de receber novos estudantes e cursos.

Visando o planejamento integrado, a Unifesp pretende licitar planos diretores para melhorias em todos os seus campi. “É necessário que as obras ocorram de forma ordenada, com cronograma e minimização de impactos negativos. Também podemos somar esforços com a União para facilitar a cessão de terrenos”, explicou a reitora.

A universidade também planeja a construção de moradias estudantis e creches, para que alunos, professores e comunidade possam ter suas necessidades atendidas, com boas condições de trabalho, estudo e, portanto, melhor qualidade de vida. Projetos de extensão também poderão ser ampliados como uma forma de prestação de serviço e inclusão social aos moradores da cidade.

O prefeito se prontificou a disponibilizar membros do seu secretariado para dar andamento aos projetos. “Minha intenção é atrair alunos da Unifesp para cá. Quem tem um campus da Universidade Federal de São Paulo na cidade é privilegiado”, declarou o prefeito, que durante a reunião afirmou não poupar esforços para poder receber mais alunos da Universidade nos próximos anos.

No encontro, também estavam presentes a diretora acadêmica do Campus Diadema, Virgínia Junqueira; o assessor de Gabinete da Reitoria, Javier Amadeo; a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Andrea Rabinovici; o pró-reitor adjunto de Planejamento, Pedro Arantes; e o chefe de gabinete da Prefeitura de Diadema, Adler Kiko Teixeira.
Unifesp
Fonte Unifesp 13/04/2013 ás 15h

Compartilhe

Acordo da Unifesp com prefeitura permite acelerar consolidação do campus Diadema