AACD e INCRA apresentam no Brasil o software para download gratuito para pessoas com deficiência física

Fonte Lead Comunicação e Sustentabilidade. 26/11/2009 às 12h

A Indra, uma das principias multinacionais de tecnologia da Europa e América Latina, apresenta no Brasil o HeadMouse e o Teclado Virtual. A primeira é uma solução tecnológica que permite às pessoas com mobilidade reduzida, controlar o cursor do mouse através de movimentos da cabeça fazendo a função de “arrastrar” e com gestos faciais, para fazer um “click”. Por sua vez e complementando esta aplicação, o Teclado Virtual possibilita às pessoas com deficiência física redigirem textos mediante qualquer dispositivo capaz de controlar o cursor da tela: tais como o joystick ou o touchpad.

Ambas as aplicações estão disponíveis de forma gratuita no site: http://robotica.uld.cat e podem ser instalados em qualquer computador equipado com uma Webcam de baixo custo.

Caso necessite de fotos referente a utilização do equipamento por pacientes da AACD, favor entrar em contato com Lead Assessoria.

Um mouse inovador:

O Headmouse incorpora um grande número de inovações que facilitam às pessoas com deficiência física o acesso às tecnologias da informação e comunicação. Graças ao uso de algoritmos de visão artificial desenvolvidos para a área da robótica móbil, o usuário é capaz, sem nenhum tipo de formação ou conhecimento prévio, de utilizar de maneira intuitiva e natural o mouse virtual. Uma vez instalado o software, não se requer nenhum tipo de ajuda para acessar à configuração, nem para alterar os parâmetros oferecidos pelo sistema.

O HeadMouse pode ser utilizado por qualquer usuário, já que não tem definida nenhuma língua de aplicação e dispõe de um manual de ajuda em espanhol e inglês.

Teclado em cinco idiomas:

O uso do Teclado Virtual, que complementa o HeadMouse, também não requer formação prévia, e funciona através de um aplicativo que aparece na tela do computador e que permite a escrita de textos mediante a pulsação de teclas virtuais. O sistema incorpora inovações tecnológicas que facilitam ao máximo a escrita para pessoas com mobilidade reduzida que não podem utilizar teclados convencionais. O Teclado Virtual conta com funções de predição de palavras, cujos algoritmos aprendem com o modo de escrever do usuário e melhoram exponencialmente suas taxas de acerto. As provas realizadas escrevendo textos literários  entre 15.000 e 20.000 palavras demonstram uma economia de até 40% nas pulsações de teclas necessárias para escrevê-las, aproximadamente 7.000 palavras a menos.

O Teclado Virtual oferece 5 dicionários que incorporam as palavras mais usuais do espanhol, catalão, inglês, francês e italiano. Além disso, conta com um sistema de aprendizado automático que permite ampliar sua base de palavras e criar novos dicionários em qualquer língua baseada no alfabeto romano. Assim, o estilo de escrita dos usuários se atualiza automaticamente e permite ao aplicativo utilizar vários dicionários em um mesmo idioma e adaptá-los para usos específicos otimizados: redação de e-mails, redação técnica, literária, entre outras.

Sala Indra:

Adicionalmente, durante a cerimônia de apresentação de ambas as soluções, a Indra assina um acordo de colaboração com a AACD para a implantação da “Sala Indra”, espaço equipado com tecnologia de última geração que proporciona um maior grau de autonomia para as pessoas com alguma deficiência, em termos de vida independente e acessibilidade à tecnologia. A Indra equipará também as demais unidades da AACD para uso das tecnologias.

Joaquín Díaz, diretor da Indra no Brasil, destaca que “a Indra acredita no valor social que a inovação aporta mediante soluções e serviços que ajudam a melhorar a qualidade de vida em contextos como a saúde, o transporte ou a gestão do meio ambiente, reduzindo a brecha digital e contribuindo para resolver dificuldades ou limitações de acesso às tecnologias para grupos que de forma natural não são atendidas pelo mercado”.

Por sua parte, a doutora Alice Rosa Ramos, Superintendente Técnica - Centro de Reabilitacão da AACD, afirma que as “tecnologias como as do HeadMouse e do Teclado Virtual contribuem no sentido de ampliar as habilidades funcionais de pessoas com deficiência física e, conseqüentemente, ajudam a proporcionar uma vida mais independente e autônoma, além de favorecer sua integração com amigos, familiares e a sociedade em geral.”

Indra no Brasil:

A Indra está presente no Brasil desde 1996, conseguindo nestes anos uma sólida posição nos mercados de administração pública, telecomunicações indústria e consumo.

Destaca no país a experiência da Indra no mercado de energia e utilities,  onde a multinacional se posiciona como referência, contribuindo com o conhecimento de seus profissionais e tecnologia de vanguarda. No Brasil possui uma ampla cobertura no território nacional, somando mais de 40 clientes.

Da mesma forma, a Indra trabalha no Brasil com destacadas companhias de setores como telecomunicações e indústria e consumo, além de manter contratos de BPO com importantes linhas aéreas do país.
 
Sobre a AACD

A AACD, Associação de Assistência à Criança Deficiente é uma instituição sem fins lucrativos cujo objetivo é promover a prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física, especialmente de crianças, adolescentes e jovens, favorecendo a integração social. Realiza cerca de 5.000 atendimentos por dia em suas 9 unidades espalhadas pelo Brasil. Unidades: AACD Ibirapuera (SP), AACD Mooca (SP), AACD Osasco (SP), AACD São José do Rio Preto (SP), AACD Recife (PE), AACD Urbelândia (MG), AACD Porto Alegre (RS), AACD Nova Iguaçu (RJ) e AACD Joinville (SC).

 
Sobre a Indra

A Indra é uma das principias multinacionais de Tecnologias da Informação da Europa e América Latina. É a segunda companhia européia por capitalização em bolsa de seu setor e também a segunda empresa espanhola que mais investe em P&D. Em 2008 suas vendas alcançaram os 2.380M€. Conta com mais de 29.000 profissionais e com clientes em mais de 100 países.

 

Lead Comunicação e Sustentabilidade.
Fonte Lead Comunicação e Sustentabilidade. 26/11/2009 ás 12h

Compartilhe

AACD e INCRA apresentam no Brasil o software para download gratuito para pessoas com deficiência física